Loading...
Consultoria de Mídia 2017-12-08T16:37:48+00:00

A Dainet tem como objetivo superior dar todo suporte aos anunciantes nas atividades inerentes à mídia, como planejamento, avaliação, auditoria, controle de qualidade e principalmente o acompanhamento das tendências de mercado e seus impactos sobre a propaganda e a comunicação.

O planejamento de mídia pode ser visto hoje como o processo que indica um modo de ação que mostra como o tempo e o espaço publicitário serão usados para atingir os objetivos de publicidade e de marketing.

A função do planejamento de mídia não opera num vácuo. O Plano de mídia é um dos muitos componentes do plano de marketing geral, e como tal, interage com outros elementos desse plano em sua totalidade.

Os objetivos de marketing constituem um dado fundamental ao plano de mídia. É importante compreender tanto as limitações desses objetivos quanto os efeitos dessas limitações sobre o planejamento.

“Marketing individualizado” porque pensamos em atingir os clientes numa base de um ser humano por vez, com uma mensagem que possa ser ajustada ao que os profissionais de marketing souberem de cada consumidor.

O plano de marketing começa com o produto e faz um esboço das condições de distribuição, preço e promoção para esse produto.

Todas as etapas do planejamento de mídia, objetivos, estratégias e táticas podem ser afetadas pelas características do produto.

A distribuição pode afetar o plano de mídiase membros do canal de distribuição se manifestarem sobre certos tipos de mídia.

Antes de examinar os efeitos do preço no plano de mídia, é importante observar que de certa maneira é inexato discutir preços no contexto das variáveis de marketing controláveis.

Sendo o plano de mídia um componente do mix de promocional, todas as atividades desse mix têm algum efeito significativo sobre a função do planejamento de mídia.

Estabelecer objetivos de mídia é o primeiro passo no atual processo de formação do plano de mídia.

O alcance pode ser definido como o percentual não duplicado de um público exposto ao veículo em que se está anunciando ou, a programação, pelo menos uma vez durante um determinado período de tempo (em geral quatro semanas).

A Dainet recomenda a simulação de diversas possibilidadesde planos de mídia, com praças, meios e veículos diferentes.

A continuidade refere-se ao modo como as margens são programadas no espaço de tempo ao longo do período de uma campanha.

O GRP é utilizado para caracterizar os pontos brutos de um determinado esforço de mídia diante de um mercado-alvo definido.

Seleção, com base em pesquisas de hábitos de consumo, da recomendação do mix de meios de comunicação que deverão ser utilizados no plano, considerando a verba disponível e as características de cada segmento de mídia.

Processo de seleção dos veículos de comunicação que irão integrar o plano de mídia, com a identificação de cobertura geográfica, penetração, audiência, CPM e outros atributos.

Considerações sobre sazonalidade, fatores temporais de maior atenção do público visado, prazo de validade da comunicação e questões conexas, já que toda campanha publicitária tem o seu tempo certo para ser lançada e tirada do ar.

Os meios de comunicação, tais como TV, rádio, jornais e outdoors, são investigados por institutos especializados, que dimensionam seus potenciais, forças e fraquezas, abrangência etc.

Categorizar os veículos de comunicação de acordo com seu propósito de mercado e público atingido, para facilitar as decisões sobre como alcançar os objetivos pretendidos. Avaliar a rentabilidade do investimento publicitário, considerando a relação custo X benefício à luz dos indicadores de CPM.

Nenhuma agência será completa se não tiver em seu arsenal de técnicas e ferramentas de trabalho o acesso a pesquisas de mídia completas e atualizadas. Há diversos fornecedores destas pesquisas com larga experiência e idoneidade.

O planejamento de toda campanha estabelece o público-alvo a ser atingido e com qual abrangência e freqüência.

Todos os veículos, sem exceção, negociam os seus preços de veiculação. Conhecer e acompanhar a prática de negociação, por isso, é uma das questões mais sensíveis para o gestor das verbas de propaganda e de marketing.

O acompanhamento regular dos investimentos em mídia permite identificar se a agência está marcando em cima as flutuações dos hábitos do público e as práticas de mercado

Como no caso anterior, deve-se monitorar todos os planos de mídia, para conferir se está prevalecendo o profissionalismo na seleção dos meios. É comum, por exemplo, a agência induzir o cliente a patrocinar um grande evento, simulando que negociou duro para extrair um desconto excepcional, a fim de manter a sua cota de BV no veículo em questão.

A distribuição dos investimentos publicitários deveria ocorrer ao longo do ano, ressalvadas situações específicas. Favorece a maximização dos resultados e minimiza o risco do congestionamento das campanhas em poucos meses do ano. Permite também melhor controle e distribuição da agenda de eventos de comunicação e de marketing.

Toda campanha precisa ter a sua veiculação constatada. Problemas de perdas de espaço ocorrem a todo momento e as agências, com o duplo checking de prestadores de serviços independentes, precisam comprovar que os veículos entregaram tudo aquilo que foi autorizado.

Returnoninvestment, da sigla inglesa ROI – mede a eficácia de uma campanha em termos de incremento de vendas ou negócios realizados.

Organizar as informações e decupar o processo decisório (operacional, tático ou estratégico) em um contexto em que convivem informações estruturadas e não-estruturadas, internas ou externas à organização é o grande desafio dos anunciantes. Técnicas analíticas combinadas são a instrumentação que a Dainet disponibiliza para o profissional de marketing.

Vamos conversar?

Podemos ajuda-lo em qualquer área relacionada a mídia e marketing. Preencha o formulário abaixo ou ligue para +55 11 5573 5018